Pastor Jessimiel Santos

Ministério Pr. Jessimiel Santos

Transformando o Amargo em Doce.

Publicado por Jessimiel Santos maio - 14 - 2012 - segunda-feira

Transformando o Amargo em Doce.

Provérbios 27.19, Êxodo 15.23-27

Introdução:O tempo que Israel passou no Egito os deixou amargos, e Deus queria curar essa amargura, pois o Senhor queria fazê-los viver a promessa, mas sendo pessoas doces e curadas.

 

-Podemos definir o termo amargo como triste, doloroso, penoso. E amargura como angústia e desgosto.

Toda raiz começa com uma semente, e a raiz de amargura não é diferente.

1. O que gera amargura?

1.1.  Faraó (diabo) e o Egito (mundo) Êxodo 1:13-14.

Muitas pessoas saíram do Egito e das mãos de Faraó, mas nos seus corações continuam as amarguras, e outras acham que o Egito pode oferecer algo para elas, quando na verdade, tudo que ele oferece é escravidão e amargura..

1.2.    Decisões erradas-

Nos versículos 19 e 20 do primeiro capítulo do livro de Rute, podemos ver um exemplo disso, através da vida de Noemi.

“Assim, pois, foram-se ambas, até que chegaram a Belém; e sucedeu que, entrando elas em Belém, toda a cidade se comoveu por causa delas, e diziam: Não é esta Noemi? Porém ela lhes dizia: Não me chameis Noemi; chamai-me Mara; porque grande amargura me tem dado o Todo-Poderoso”. Rute 1.19-20

1.3. Perdas

No exemplo acima, vimos que Noemi estava amargurada, por causa das decisões erradas, mas também porque perdeu seu marido e os filhos.

1.4. Culpa

“Por que saí de Belém?” Esse poderia ser um dos questionamentos de Noemi. E hoje, quantas pessoas estão amarguradas, por causa do sentimento de culpa.quem não consegue se perdoar.

1.5. Falta de perdão

Algumas pessoas não conseguem perdoar os outros e isso gera uma raiz de amargura e muitas vezes, doenças.

1.6. Sonhos não realizados

Ana é um exemplo disso. Ela sonhava com um filho, mas era estéril.

“Ela, pois, com amargura de alma, orou ao Senhor e chorou abundantemente” I Samuel 1.10.

1.7. Decepções e frustrações.

1.8. O pecado

Este é o carro-chefe de toda raiz de amargura.

2. Conseqüências na vida de uma pessoa amargurada

2.1. Não há paz.2.2. Não há alegria. Pessoas amarguradas estão sempre tristes.2.3. Existe um desânimo constante.

2.4. Não há felicidade.2.5. Não é possível se relacionar verdadeiramente com as pessoas.2.6. não há satisfação.

2.7 Há esterilidade espiritual. Pessoas amargas não frutificam, não geram frutos.

3. Como é possível identificar a amargura – MURMURAÇÃO

A bíblia diz que de uma mesma fonte não podem jorrar dois tipos de águas.  “Porventura, deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?” (Tiago 3:11).   O versículo 24 do capítulo de Êxodo, que estamos estudando, diz que o povo murmurou, ou seja, reclamou, falou mal.

4.Como transformar amargura em doçura

Exodo 15v25, Deus mostra uma árvore para Moisés, que iria trazer vida. Jesus é essa árvore da vida.

Árvore nos lembra madeira e madeira aponta para o sacrifício de Jesus, ou seja, sua morte e ressurreição, pois na cruz Ele levou todas as nossas transgressões, iniqüidades, enfermidades e amarguras.

Moisés lançou a árvore nas águas amargas, e quando ela tocou nas águas, estas ficaram doces.

Não adianta saber o que Jesus fez, precisamos deixá-lo tocar naquilo que está amargo em nossas vidas,

5. Receitas para manter a cura (v.26)

5.1. Obediência.5.2. Fé.5.3. Palavra5.4. Praticar a Verdade

6. Quando Deus transforma a amargura em doçura

No meio do amargo você pode extrair doçura. Essa menina não permitiu que em seu coração nutrisse revolta e decepção contra seu Deus por suas perdas, pelo contrário, respeitou o seu Deus e respeitou o seu pastor, na figura do profeta Eliseu, reconhecendo ter ele a palavra de cura. Embora escrava, acreditou. Não houve reconhecimento da parte de Naamã pela menina, mas ela foi reconhecida por Deus. Naamã foi curado não só da lepra, e sim da alma. Deixou seus ídolos, passou a adorar só ao Senhor e parou de oprimir o povo de Israel. Essa menina foi tão reconhecida que mesmo sem nome, entrou para a história dos intercessores de Deus.

 Pastor Jessimiel Santos.

Deixe seu Comentário

Sobre nós

TAGS